7 curiosidades sobre tiaras de casamento

Pensando em investir em uma tiara de noiva para usar em seu casamento? Conheça a história por trás dessa espetacular joia, confira as algumas dicas e veja o que mais combina com seu estilo para encontrar a tiara perfeita para um dos dias mais importantes da sua vida.

poesie-banner
Uma breve história das tiaras
De acordo com o historiador de joias Geoffrey Munn, a tiara originalmente se referia à faixa roxa com decorações brancas usadas pelos reis persas. No entanto, hoje em dia, a palavra é usada como um termo genérico que abrange diademas, círculos, grinaldas e kokoshniks (chapéu feminino tradicional russo), conforme descrito em seu livro “Tiaras, a History of Splendour”.

Os gregos antigos usavam tiaras de ouro conhecidas como stephanos, que tinham representações realistas de folhas de carvalho, hera, louro, oliva e até mesmo insetos. Esta talvez seja a joia que mais se assemelha às tiaras modernas.

Tiaras e a realeza
A tiara é uma da joias mais magníficas que uma mulher pode usar. Ela é um símbolo de status que acompanha a história de várias famílias reais. Assim, é natural que essa joia de prestígio tenha ressurgido com força total a partir de um dos casamentos mais comentados de todos os tempos: o de Kate Middleton com o príncipe Harry.

foto: via Huffington Post

O mundo teve seu primeiro vislumbre da tiara de Kate, quando ela pisou no corredor da Abadia de Westminster com modelo da Cartier de platina e diamantes, emprestada a ela por sua Majestade a Rainha Elizabeth.

No século XVII e XVIII, as senhoras da alta sociedade já usavam diademas na forma de capacetes estilizados. Os excessos extravagantes dos estilos Rococó sob Louis XV deram lugar ao olhar neoclássico revivido por Napoleão Bonaparte. A obsessão de Napoleão com joias e status incentivou muito a joalheria e a produção de tiaras, uma tradição ainda viva na Chaumet, joalheria preferida de Napoleão. Durante esta era, novos estilos de ornamentos de cabeça surgiram a partir da simples coroa de ouro que Napoleão vestiu em sua coroação. A moda se espalhou de Paris para o resto da Europa e do mundo.

Tiara e seu vestido de noiva
Se você está em busca de uma tiara deslumbrante para usar em seu casamento, certifique-se de planejar com antecedência. Por isso, comece a procurar sua tiara junto com o vestido de noiva, afinal de contas, o investimento não será baixo.

Tenha em mente que o estilo da tiara e do vestido devem ser complementares. Por exemplo, se o seu vestido de noiva será minimalista e com poucos detalhes, o seu look pode ficar pouco harmonioso, caso escolha um tiara robusta e com muita informação.

foto: Pascal Le Segretain/Getty Images Europe

Qual é o estilo de tiara ideal para você?
Omar Vaja, especialista da joalharia Bentley & Skinner, explica que a escolha da tiara é toda sobre a proporção. Como é a maior joia que, provavelmente, você vai usar, trabalhar com proporções harmoniosas é fundamental. Por isso, pequenas noivas devem evitar tiaras grandes e optar por modelos menores, mas com pontos de luz altos.

Bentley & Skinner American Antique Diamond tiara e Bentley & Skinner Late Victorian Natural Pearl and Diamond Tiara

Uma tiara que tem um foco central é perfeita para rostos redondos. Abaixo, você vê dois modelos com essa característica, um com pérola natural vitoriana e outro com laços cravejados de diamantes.

Rostos angulares combinam com formas mais suaves, como um estilo de tiara de 1800, usada por Lady Mary em seu casamento, na série Downton Abbey.

Noivas altas devem evitar tiaras muito grandes e robusta.

Também tenha em mente o cenário do seu casamento. Uma tiara grande e imponente ficaria fora do contexto em um casamento simples numa pequena igreja, enquanto uma cerimônia requintada pede uma tiara igualmente luxuosa.

Tiaras e penteados
Tiaras podem ser complicadas para colocar no cabelo. Em muito casos, é preciso prender a joia no cabelo com fitas de segurança ou grampos. É claro, nunca se esqueça do detalhe mais importante: você tem que se sentir confortável com sua tiara.

Veja como a tiara que a lendária Lady Diana usou em seu casamento se ajusta perfeitamente ao seu penteado.

foto: Getty Images

Para verificar o equilíbrio e o peso, vista sua tiara e ande pela casa por várias horas. Diferentes tiaras podem ser usadas de diferentes maneiras. Portanto, peça ajuda ao seu cabeleireiro para encontrar o penteado ideal.

E não se esqueça que, mesmo que você tenha a sorte de ter uma tiara na família, pode ser necessário ajustá-la ao seu estilo de cabelo ou ao formato da cabeça. Um joalheiro pedirá algum tempo para realizar esses ajustes. Portanto, não deixa as coisas para última hora.

Tiaras sob medida
Em Paris, a famosa praça Place Vendôme é o lar da joalheria Chaumet, que faz tiaras desde 1780 para realeza. A joalheria é considerada o templo das tiaras: o destino mais procurado em Paris para confecção de tiaras sob medida.

A Chaumet também possui um museu, onde é possível encontrar um arquivo rico de esboços e modelos de tiaras históricas de todos os tipos, que continuam a inspirar noivas até hoje.

Há, é claro, outras opões, como a joalheria mais antiga de Paris, a Mellerio dits Meller, que confecciona joias para a realeza desde 1613. A marca é criadora da deslumbrante Tiara Monte Rosa para princesas modernas. A tiara, além da beleza, também tem outras qualidades, pois pode se transformar em um par brincos, um pingente e um bracelete.

A tiara mais cara do mundo
A tiara mais cara do mundo pertenceu à princesa Katharina Henckel von Donnersmarck. A joia possui uma base com 11 esmeraldas, totalizando cerca de 500 quilates. Em 2011, tornou-se a tiara mais valiosa já vendida em leilão: US$12,2 milhões.